• Início
  • Notícias
  • Agência Lusa propõe substituir a RTP onde esta extinga delegações

Agência Lusa propõe substituir a RTP onde esta extinga delegações

A agência Lusa propôs ao governo poder tomar o lugar da RTP em locais onde esta venha a extinguir delegações.

A proposta, feita em Setembro ao ministro Miguel Relvas, foi hoje revelada pelo presidente da agência, Afonso Camões, que está a ser ouvido na comissão parlamentar de Ética, a pedido do Partido Socialista.

De acordo com o mesmo, a proposta terá surgido no mês de Setembro, após a denúncia do contracto de prestação de serviço público, e terá consistido na disponibilidade da agência Lusa em “assegurar à televisão e rádio públicas a cobertura a partir de postos onde esta venha a extinguir delegações ou serviços”. Segundo Afonso Camões, a agência Lusa encontra-se em condições de “prestar todo o serviço noticioso (…) em qualquer ponto do país e do mundo”.

O presidente da agência afirmou também estar disponível para fazer “todas as sinergias” possíveis, algo de que já deu conta ao novo presidente do grupo público de rádio e TV, Alberto da Ponte, já que ambas as organizações possuem “accionistas comuns e a mesma missão de serviço público”.

Afonso Camões lembrou ainda que a agência Lusa e a RTP têm partilhado instalações, e deixou o repto: “Não precisamos de mais instalações; precisamos é de mais encomenda, que a RTP nos peça mais serviços”.

Recorde-se que a Lusa está, actualmente, a negociar um novo contrato com o Estado, depois da anunciada intenção do Governo em cortar 31% do mesmo, o que levou a uma greve colectiva dos jornalistas da agência.

Fonte: Público e Diário Económico

Carlos Fernandes & Henrique Correia

Tags: