Agência Lusa vai fazer greve contra os cortes no orçamento

Os trabalhadores daagência noticiosa portuguesa Lusa vão fazer greve durante quatro dias, entre 18 e 21 de Outubro, em protesto contra os cortes no orçamento que a agência recebe do governo.

O ministro dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas, anunciou um corte de 30 por cento no financiamento que a empresa receberá no próximo ano, o que vai implicar uma redução da verba líquida de 15 milhões de euros para cerca de 10 milhões.

Miguel Relvas garantiu no entanto, à Comissão de Trabalhadores, que não estarão em risco os postos de trabalho na agência.

Afonso Camões, presidente da Lusa, propôs uma redução orçamental, mas que deveria ser apenas de 15% – acima disso os postos de trabalho poderiam estar em risco, avisou.

Os cortes orçamentais “prejudicam o serviço público que a agência actualmente presta”, afirmam os trabalhadores, que consideram mesmo que “põem em causa a rede da Lusa em Portugal e no estrangeiro”.

Por estes motivos os trabalhadores da Lusa vão realizar a greve como forma de demonstrar o protesto contra o corte de quase 10 milhões de euros. Os trabalhadores pretendem fazer também vigílias e/ou concentrações durante esses dias.

Jacqueline Ferreira

Tags: