As luas de saturno

A sonda Cassini, da NASAcaptou no passado mês de abril as imagens que estão a surpreender os responsáveis pela missão.

Só agora tornadas públicas, mostram alguns arcos encarnados que atravessam a superfície gelada de Tétis, uma das luas de Saturno.

“São algumas das imagens a cores mais insólitas captadas até agora pelas câmaras de Cassini”, admite a agência espacial norte-americana.

Nas fotografias, foram utilizados filtros especiais verdes, infravermelhos e ultravioletas, para que ficassem destacadas até as mais leves diferenças de cor que estavam invisíveis ao olho humano. Diário de Notícias.

A maior lua de Saturno pode abrigar forma de vida que “não envelhece”.

Em artigo publicado na revista Life, especialistas apontam que há a possibilidade de o satélite abrigar micro-organismos vivos, enormes e muito antigos.

Para isso, eles estão examinando formas químicas e físicas de vida possíveis em locais com características diferentes da Terra. Yahoo! Notícias

A NASA divulgou novas imagens da lua da Saturno, Enceladus, captadas pela sonda espacial Cassini. O satélite natural continua a surpreender os cientistas, que acreditam que este é um dos lugares mais promissores do sistema solar com a capacidade de sustentar vida.

Em 2010, a agência espacial anunciou que no satélite há “um bosque de jactos de partículas de gelo, vapor de água e compostos orgânicos que surgem de fraturas nas imediações do polo sul da lua”.

De acordo com a FoxNews, em março deste ano a NASA já tinha falado na possibilidade de existir atividade hidrotermal num oceano existente no subsolo da lua.

Em setembro, descobriu-se que o oceano, que se encontra na camada interior do satélite, é global, estendendo-se por todas as regiões de Enceladus. Flickr

Descoberta de água em luas de Saturno e Júpiter aumenta chances de vida extraterrestre.

Nesta quinta-feira, dia 12 de outubro, a NASA anunciou que encontrou um oceano por baixo da crosta de gelo que cobre uma das luas de Júpiter. Brasil Post

Valeriia Stukalina

Tags: