BP paga 4500 milhões de dólares aos EUA por maré negra

A companhia petrolífera BP, terá de indemnizar os Estados Unidos da América (EUA) em 4500 milhões de dólares [aproximadamente 3500 milhões de euros] pelo acidente ocorrido ao largo do Golfo do México.

A BP, que tem a sua sede em Londres, aceitou pagar esta indemnização por se declarar culpada, naquele que é considerado o maior desastre ambiental da história dos EUA.

Esta multa vai ser paga em várias fatias ao longo de 6 anos.

Este acidente teve lugar na plataforma petrolífera de Deepwater Horizon, situada no Golfo do México em Abril de 2010.

Foram libertados para a água 4,9 milhões de barris de petróleo, provocando uma “gigantesca” maré negra.

Só passados três meses é que se conseguiu controlar a situação e impedir que mais crude fosse derramado.

Recorde-se que a explosão que deu inicio a este desastre ambiental provocou a morte a 11 trabalhadores.

Com o pagamento desta multa, a BP fica com o recorde da maior multa paga aos EUA, ultrapassando a multa paga pela indústria farmacêutica Pfizer, no valor de 1000 milhões de euros, por ter cometido uma fraude.

Fonte: Publico, Jornal de negocios

Gonçalo Delgadinho

Tags: