Como ser bailarina num treino de futebol

Quem treina mal neste modesto clube escocês não tem de fazer horas extra no ginásio, nem tem de levar com mau humor do treinador.

Quem não se empenha o suficiente no treino, muda de equipamento e veste rosa da cabeça aos pés.

Na primeira divisão escocesa existe um clube que ganhou fama de uma forma diferente.

O Partick Thistle nunca ganhou um campeonato, só subiu para a primeira divisão há dois anos, e no palmarés conta com uma Taça Escocesa vencida no ano de 1921.

Estas razões nunca chegariam para atingir a fama que o clube ganhou recentemente, até que um jogador desta equipa apareceu nos treinos vestido de bailarina, de cor-de-rosa da cabeça até aos tornozelos, mantendo apenas as suas chuteiras.

Alan Archibald, treinador do Partick Thistle foi claro nas ordens que deu sobre o castigo a aplicar para quem não se empenhar nos treinos.

O primeiro jogador a sofrer as consequências de fazer figuras tristes em pleno treino foi Gary Fraser.

O médio da equipa teve uma semana para esquecer.

Apesar de ter treinado mal durante a semana toda, foi expulso no jogo dessa semana e vai ficar suspenso durante 9 jogos.

Os jogadores da equipa dizem que o castigo até é divertido, e, em declarações ao Diário de Notícias (DN), Gary Fraser explicou que é uma boa ideia para puxar pelo grupo e para ninguém se desleixar nos treinos.

O lema da equipa passou a ser “joga-se como se treina e tudo fica em campo”.

E quem não se esforçar nos treinos, já sabe que terá de se sujeitar ao ridículo: treinar com um vestido de bailarina e ser alvo de paródias.

Fontes: Notícias ao Minuto, Diário de Notícias

Cláudia Évora e João Ribeiro

Tags: