Conferências sobre Paul Celan no Goethe Institut

Paul Celan | Da Ética do Silêncio à Poética do Encontro
Colóquio internacional com a presença de diversos especialistas internacionais

Conferência

  • 18. – 19.10.2012 | Goethe-Institut | Campo dos Mártires da Pátria, 37 1169-016 Lisboa
  • Inscrição: 10 € (com certificado de participação)
  • +351 218 824 510

Organização: Centro de Filosofia (FLUL), Centro de Estudos Comparatistas (FLUL), École des Études Juives (Sorbonne IV) em colaboração com o Goethe-Institut.

Paul Celan ocupa um lugar de destaque na poesia e na literatura da nossa época.

Não só pelo facto de ser uma testemunha do Holocausto, o que consubstanciou a sua poética de uma forma trágica, mas também pelo facto de ser uma das vozes poéticas mais intensas da poesia alemã. Há quem não hesite em considerá-lo o herdeiro do poeta alemão Hölderlin.

É sabido que nunca foi uma figura consensual e sempre se fez acompanhar de posições polémicas, como foi o seu debate com Theodor Adorno, em que este decretava que não era possível escrever poesia após a tragédia de Auschwitz, ou o seu encontro com Heidegger, figura paradigmática da filosofia alemã, a que Celan alude numa das suas obras.

Em Portugal, o entusiasmo pela figura do poeta Paul Celan é notório, mas a escassa investigação que, aqui, se produziu sobre Celan (nomeadamente autores como João Barrento e Yvette Centeno, ambos tradutores das suas principais obras poéticas, António Guerreiro, Gilda Encarnação) suscitou a necessidade de um alargamento da investigação sobre o autor, no sentido de proporcionar um debate mais amplo, trazendo investigadores que possam contribuir para um debate mais rico sobre o autor, que foi alvo, como se sabe, de análise de pensadores contemporâneos como Emmanuel Levinas, Jacques Derrida, Maurice Blanchot, George Steiner, Barbara Wiedemann, Peter Szondi, entre muitos outros.

Dar a conhecer a extraordinária poética de Celan, bem como as perspectivas hermenêuticas e filosóficas que se movem em torno do autor e que suscitam a nossa reflexão, contribuir para um conhecimento mais amplo, em Portugal, de Celan, é bem o objectivo deste Colóquio Internacional, que se organiza, com a presença de diversos especialistas internacionais, como Barbara Wiedemann (Alemanha), Clayton Crockett (EUA), Danielle Cohen-Levinas (França) e Jérôme Lèbre (França), e com especialistas nacionais, como António Guerreiro, Carlos João Correia, Cristina Beckert, Gilda Encarnação, Isabel Capeloa Gil, João Barrento, Maria João Cantinho, Maria Lucília Marcos, Ricardo Gil Soeiro, Teresa Cadete eYvette Centeno.

Tags: