Cortes nas pensões

Segundo as contas do Correio da Manhã, uma pensão de 1.100 euros por mês terá um corte de 1.30 euros por dia, o que corresponde a 39 euros mensais.

Considerados os 14 meses, são menos 546 euros por ano. Naturalmente, quanto maior a pensão, maior o corte.

A reformulação da CES incluída pelo Governo da proposta de Orçamento Retificativo para 2014, apresentada a 9 de Janeiro, determinou que fosse cobrada uma taxa de 3,5% sobre a totalidade das pensões a partir de 1.000 e até aos 1.800 euros.

Esta reformulação implica também um aumento da contribuição aplicada às pensões mais altas, superiores a 4.600 euros, às quais é aplicada uma taxa de 15%. No caso das pensões acima dos 7.000 euros, será cobrada uma taxa de 40%.

Quanto às pensões superiores a 1.800 até 3.750 euros mantém-se a taxa de 3,5%.

Fontes: Económico, Jornal de Notícias, Diário de Notícias, Público

Pedro Costa

Tags: