DGS elabora plano contra eventual surto gripal

A Direção-Geral da Saúde ( DGS) vai apresentar hoje um “Plano de Prevenção e Resposta para o Outono/Inverno – Infeções Respiratórias”.

Este plano prevê a sistematização de medidas, tendo em vista dar uma resposta rápida a um possivél surto gripal.

De acrodo com a subdirectora-geral de Saúde, Graça Freitas, o plano surgiu agora, devido à actividade gripal ter começado há duas semanas. Embora existam ainda poucos casos, espera-se que o aparecimento das infecções respiratórias aumente.

A DGS encontra-se também em alerta devido à existência de um vírus da gripe nos Estados Unidos. Apesar disto, não se pode prever que o virus chegue a Portugal, mas o serviços de saúde encontram-se preparados, neste momento, para prevenirem a ocorrência de novos casos.

“Não sabemos (se haverá este ano um surto mais violento), mas os dados dos Estados Unidos mostram-nos que o vírus (da gripe) que vai dominar é o H3N2, que é um vírus mais agressivo”, acrescentou Graça Freitas.

O Plano de Prevenção e Resposta engloba um conjunto de medidas já accionadas noutros anos, entre elas o alargamento de horários de consulta aberta ou de recurso, com atendimento ao fim-de-semana e durante a noite, bem como o aumento de consultas para pedidos no próprio dia.

Para além disto, a DGS encontra-se a preparar a activação da reserva estratégica de medicamentos especificos.

Fontes: Diário de Notícias; Correio da Manhã; TVI24

Cátia Martins, Eduardo Carmo; Pedro Emidio

Tags: