Entrave à hora de ponta

Fonte Imagem: António Bernardo

O problemas nos transportes públicos portugueses são cada vez mais evidentes.

Ultimamente as críticas aos transportes públicos têm aumentado, originando, a criação de um portal de queixas da associação DECO. Atrasos constantes, condições de serviço reduzidas e redução de carruagens que leva à sobrelotação das mesmas, estão na origem da insatisfalção dos utentes.

A população portuguesa dependente dos transportes públicos para chegar ao trabalho, universidade ou escolas, depara-se com os longos atrasos e sobrelotação das carruagens. As constantes falhas no Metro, Carris e CP já prejudicaram milhares de cidadãos. E acresce a isto o elevado valor do passe. A população queixa-se da exaustão que é, atualmente, andar de transportes públicos. A cidade Invicta também foi alvo destes problemas, com a ausência de bilhetes no Metro.

Na semana da WebSummit, as falhas intensificaram-se com a aglomeração de turistas. Para responder às expectativas do evento foi necessário encerrar uma paragem de metro.

É fundamental um reforço nas diferentes àreas dos tranportes públicos, bem como um aumento do número de carruagens.

Fontes: SIC Notícias; SOL; Público

Sara Ramos e Sofia Morgado

Tags: