INE revela descida do poder de compra dos portugueses

O Instituto Nacional de Estatística (INE) revelou esta quinta-feira que o Produto Interno Bruto (PIB), expresso em paridades de poder de compra (PPC), em Portugal, está abaixo da média – ganhavam 77,4% da média dos parceiros europeus – dos países da União Europeia no ano passado. Portugal regista uma descida face aos valores obtidos em 2010 que era de 80,3%.

De acordo com a lista divulgada também ontem pelo Eurostat, o Luxemburgo está na frente, graças ao nível de riqueza atingido o ano passado que era de 271%. Segue-se a Holanda com 131%.

Nesta tabela, existem oito países da UE nos quais os cidadãos são, em média, mais pobres do que em Portugal: Roménia, Polónia, Lituânia, Eslováquia, Estónia, Hungria, Letónia e, no fundo da tabela, a Bulgária, país no qual cada cidadão ganhou, em 2011, 46% da média europeia.

Isto vem demonstrar que dentro da zona euro só a Estónia e a Eslováquia são mais pobres que Portugal.

Em Novembro e, tendo em conta as últimas previsões divulgadas, a Comissão Europeia antecipou que o PIB “per capita” português vai continuar em divergência relativamente ao dos parceiros comunitários, e em 2014 será apenas de 51,7% da média da europa a 15, valor que será o mais baixo desde 1997 quando o PIB “per capita” português estava nos 50,8% da média da UE15.

Em 1986, aquando da adesão de Portugal à CEE, o PIB “per capita” português era apenas 33,3% da média dos 15.
O nível mais alto foi conseguido em 2009: 57,8%.

Fontes: jn.pt / sicnoticias.sapo.pt / ionline.pt

Gonçalo Delgadinho e Tiago Pereira

Tags: