Jovem acusado de matar ex-namorada fica calado em Tribunal

O jovem de 21 anos é acusado de matar a ex-namorada e de esconder o cadáver numa antiga serração, em Braga, dentro de um forno.

A vítima, de 20 anos, foi dada como desaparecida no dia 11 de outubro de 2013 e só a 11 de Janeiro do corrente ano foi encontrada por um grupo de jovens que praticava paintball.

O corpo atado nos pés e nas mãos, estava numa antiga serração em Santa Lucrécia de Algeriz, em Braga, que se situa a 800 metros da casa do suposto homicida.

O arguido esteve hoje presente a tribunal e manteve-se calado durante toda a audiência.

De acordo com a acusação, o jovem nunca se conformou com o fim da relação de 3 anos que mantinha com a vítima e continuava a enviar-lhe mensagens constantemente.

O relacionamento acabou depois de uma alegada agressão à jovem, que acabou também por lhe partir o telemóvel.

Alegando querer dar à vitima um novo telemóvel, o arguido levou-a para a antiga serração, onde foi encontrada morta de pés e mãos atados, embrulhada num lençol depois de ter sido asfixiada com um cabo de borracha.

O jovem é agora acusado de homicídio qualificado e profanação de cadáver.

Fontes: CM, DN

Cátia Martins, Rita Afonso

Tags: