Miguel Macedo proíbe manifestação na Ponte 25 de Abril

O Ministério da Administração Interna proíbe a realização da manifestação na ponte 25 de Abril no sábado.
A central sindical continua a insistir na realização do protesto naquele local.

“Por estritas razões de segurança, não é possível fazer a travessia”, explica Miguel Macedo, ministro da administração interna, depois de uma reunião de mais de uma hora e meia com a cúpula da Intersindical em que não conseguiu chegar a um consenso com os sindicalistas.

O secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, diz que a CGTP mantém a intenção de realizar a manifestação na ponte que liga Almada a Lisboa. Acrescenta ainda, que nunca foi informado por Miguel Macedo sobre a proibição, informação que é desmentida pelo Ministério da Administração Interna.

Miguel Macedo apelou ao “bom senso” dos manifestantes, e esclarece que “não está em causa o direito à manifestação. O que está em causa é conciliar o direito à manifestação com o direito à segurança”.

O ministro recusou-se a dizer se pretende usar a força caso a central sindical avance mesmo contra a vontade do Governo.

Andreia Teixeira

Tags: