Morreu a bebé portuguesa que nasceu no Dubai

A bebé Margarida, filha prematura de um casal de emigrantes portugueses que nasceu num hospital privado no Dubai, acabou por morrer no início da manhã do passado domingo, 16 de Outubro.

A morte da bebé ocorreu nos cuidados intensivos neonatais, onde permanecia desde o seu nascimento, depois dos seus rins terem começado a falhar.

Os pais utilizaram a Internet para solicitar ajuda de modo a conseguirem pagar as despesas hospitalares e, embora tivessem angariado 100 mil euros, a pequena Margarida não resistiu.

O estado de saúde da menina agravou-se nos últimos dias e, segundo o pai, Gonçalo Queiroz, «A nossa guerreira continua em estado crítico e os valores do sangue continuam alterados devido à insuficiência renal».

O anúncio da tragédia foi feito pelos pais no Facebook, sendo que a família já contactou a representação diplomática portuguesa e estão a resolver os últimos detalhes para transladar o corpo da bebé para Portugal para ser cremada, uma vez que esta prática não é autorizada no Dubai em crianças tão pequenas.

Fontes: Notícias ao Minuto, Público e Jornal de Noticias

Ana Rita Ferreira e Catarina Carvalho

Tags: