Nova descoberta na pirâmide de Kukulkan

Nova decoberta arqueológica revelou uma nova estrutura no interior da pirâmide de Kukulkan, localmente chamada de “El Castillo” no México.

Para além da segunda estrutura já encontrada no interior desta pirâmide de 20 metros, descobriu-se uma terceira com 10. “É como uma matrioska. debaixo da maior encontramos uma e mais outra”, refere Rene Chavez Seguro, especialista em geofísica responsável deste projeto.

Esta descoberta é graças à tomografia electrica a três dimensões, que se trata de uma técnica não invasiva sem riscos de danos.

Fontes imagens: Google

Terá sido construída entre 550 e 800 D.C., que leva os arqueólogos a crer que a construção da pirâmide aconteceu em três fases, uma vez que segundo pesquisas a segunda terá sido construída entre 800 e 1000 D.C. e a primeira entre 1050 e 1300 D.C.

Entre diversas explicações subressai a hipótese de que estas três construções em fases destintas foram consequência de novas lideranças. Segund o Catarina Meira, Mestre em Arqueologia e Doutoranda em História “Não é a primeira vez que, uma nova autoridade civilizacional amplia os edifícios ou construções já existentes para criar novos, à sua imagem, e mais grandiosos”.

A pirâmide é considerada Património da Humanidade pela UNESCO, visitada por mais de um milhão de pessoas por ano.

Fontes: Expresso, Visão

Margarida Silva

Tags: