Nova suspeita de ébola em Luanda

Um caso suspeito de Ébola foi detectado hoje em Angola, quando uma médica missionária se dirigiu às urgências do Hospital Militar Central, apresentando um quadro de febre e náuseas.

Maria Lina Antunes é médica e vive em França há 7 anos. No decurso da sua viagem, da República Democrática do Congo até Luanda, pode ter contactado com uma doente com febre suspeita de contrair ébola.

As autoridades de Saúde Angolana já enviaram as amostras de sangue para análise em África do Sul, e agora aguardam os resultados que devem chegar ainda esta semana.

Apesar de já ter sido feito um exame inicial que acusou se tratar de malária, as autoridades de Saúde isolaram a doente no Hospital Josina Machel, por precaução e estão ainda a supervisionar as pessoas que tiveram contacto com a missionária Angolana.

O Representante da OMS em Angola desvaloriza o caso, uma vez que já foi feito um exame que acusou malária: “Um caso suspeito não quer dizer que seja Ébola. E neste caso as suspeitas são poucas”, referiu Hernando Aguadelo.

O Governo Provinçal de Luanda tem reunido esforços no combate ao ébola, através de formação de quadros, sensibilização social e orientação para melhoramento das estruturas sanitárias.

Estão a ser tomadas medidas de vigilância, também, nos aeroportos e feitas acções de mobilização para a divulgação de medidas preventivas.

Fontes: Diário de Notícias, Jornal de Angola

Cláudia Matos

Tags: