Número de desempregados a emigrar dispara para 45%

O número de desempregados a anular inscrição nos centros de emprego para posteriormente emigrar aumentou 45,4% entre Janeiro e Setembro deste ano, comparativamente ao mesmo período do ano passado, segundo o Instituto de Emprego e Formação Profissional.

Os dados enviados à agência Lusa pelo IEFP revelam que dos casos observados em 2008 (começo da crise), até 2012, o número de desempregados anulados por emigração subiu para os 24689.

Só no mês de Setembro o valor de desempregados nesta condição subiu em termos homólogos 48,9%, fazendo um total de 2766 pessoas.

Esta situação confirma a tendência cada vez maior pela procura de trabalho no estrangeiro.

Dados mais recentes do Eurostat apontam para o recuo de 0,1 pontos percentuais na taxa de desemprego em Portugal entre Agosto e Setembro deste ano, fixada agora nos 15,7%.

O desemprego entre os jovens apresentou uma diminuição de 0,6 pontos percentuais, actualmente nos 35,1%.

Fonte: Agência Lusa

Ricardo Francisco e Tiago Neto

Tags: