O distrito de Lisboa foi o mais afetado com o mau tempo

A zona de Lisboa foi a mais afetada com o mau tempo que ocorreu no final da noite de quinta-feira e na madrugada desta sexta-feira.

Em todo o país existiram 481 ocorrências, das quais 344 foram no distrito de Lisboa, segundo informações da Proteção Civil.

O período mais crítico foi entre as 21:00 e as 3:00 da manhã, em que houve uma maior ocorrência de pedidos de auxílio.

Imagem: JN

A seguir ao distrito de Lisboa, os mais afetados foram o de Setúbal, com 59 ocorrências, e o de Faro com 42.

Marco Martins, adjunto da Autoridade Nacional de Proteção Civil ( ANPC), disse que o período crítico já tinha passado, tendo em conta que o pico das ocorrências aconteceram no período atrás referido.

Na região norte “era expetável ter acontecido entre as 3:00 e as 5:00”, disse o adjunto.

O responsável da Proteção Civil salientou que houve poucas ocorrências nos distritos do norte, nas regiões do interior e litoral, ao contrário de Lisboa e Faro.

Os avisos de mau tempo até à manhã de hoje levaram a ANPC a emitir, na quinta-feira, um aviso à população devido à chuva, neve e vento forte.

A ANPC destacou que o Instituto do Mar e Atmosfera ( IPMA) previu o agravamento das condições meteorológicas, até ao final da manhã de hoje, em que sete barras estão fechadas à navegação e quatro condicionadas.

Há 18 destritos em Portugal e Açores com alerta amarelo até à meia-noite de hoje (sexta-feira), devido à ocorrência de chuva forte.

Fonte: DN, Público, ANPC, IPMA

Mário Rui Domingues

Tags: