Orçamento de Estado de 2014 aprovado

A proposta do Governo para o Orçamento de Estado de 2014 foi esta manhã aprovada pela maioria parlamentar PSD/CDS.

A votação final global mereceu os votos contra do PS, PCP, BE e PEV e, do deputado do CDS Rui Barreto (eleito pela Madeira).

Os quatro partidos da oposição votaram de forma unânime o chumbo do Orçamento. O diploma deverá seguir agora para a redação final e só depois será enviado para o Presidente da República, Cavaco Silva, que terá de decidir se o promulga ou, como exige a oposição, solicita a fiscalização preventiva ao Tribunal Constitucional.

Fonte: Google

Entre as medidas previstas no Orçamento de Estado estão os cortes de salários na função pública acima dos 675 euros e nas pensões a partir dos 600 euros.

Em 2014 mantém-se a sobretaxa de IRS de 3,5% e outras medidas como a taxa do IVA na restauração a 23%.

A nível macroeconómico, para 2014, o Governo espera que Portugal cresça 0,8%, que o défice desça para os 4% e que a dívida pública caia para os 126,6%, mas que o desemprego continue a subir para os 17,7%.

Andreia Teixeira

Tags: