Prémio Nobel da Medicina 2015

Esta segunda-feira, foram distinguidos três cientistas que partilham o prémio Nobel da medicina de 2015.

William Campbell (EUA), Satoshi Omura (Japão) foram reconhecidos pela descoberta de uma nova terapia contra o parasita causador de elefantíase, e Youyou Tu (China), pela nova terapia contra malária.

O prémio foi assim dividido em metade, tendo sido entregue metade a William Campbell e a Satoshi Omura, investigadores na Universidade de Drew (Estados Unidos) e na Universidade de Kitasato (Japão) e a outra metade foi para Youyou Tu, investigadora pertencente à Academia Chinesa de Medicina Tradicional (China).

Em tom de justificação desta escolha a Academia Sueca emitiu o seguinte comunicado: “As doenças provocadas por parasitas têm afetado a humanidade há milénios e constituem um problema sanitário global.

Em particular, as doenças parasitárias afetam as populações das regiões mais pobres do mundo e representam uma grande barreira à melhoria da saúde e do bem-estar.

Este ano, os laureados pelo Nobel desenvolveram terapias que revolucionaram o tratamento de algumas das mais devastadoras doenças parasitárias”.

O valor deste prémio Nobel é cerca de oito milhões de coroas suecas, convertendo-se, 850 mil euros.

Fontes: TVI 24, Jornal de Noticias, Observador, Reuters e @NobelPrize.

Nuno Mandeiro

Tags: