Prémio Sakharov 2015 vai para Raif Badawi

Imagem: Google

O Prémio Sakharov para a Liberdade de Pensamento é atribuído todos os anos pelo Parlamento Europeu.

Criado em 1988, de forma a homenagear personalidades ou entidades que se esforçam por defender os direitos humanos e as liberdades fundamentais.

Neste ano de 2015, a conferência de presidentes das comissões do parlamento europeu, decidiu atribuir o prémio a Raif Badawi.

Raif Badawi é um blogger e activista dos direitos humanos da Arábia Saudita.

Foi detido em 2012 e condenado a 10 anos de prisão, 1000 chicotadas e a uma multa pesada por insultar os valores do Islão através do seu blogue Free Saudi Liberals. Recebeu as primeiras 50 chicotadas em Janeiro de 2015, tendo as restantes sido adiadas devido a protestos da opinião pública internacional.

Em fevereiro deste ano o Parlamento Europeu aprovou uma resolução condenando fortemente a flagelação de Raif Badawi como um acto cruel e chocante por parte das autoridades sauditas, exigindo a libertação imediata, por se tratar de um prisioneiro de consciência, detido e condenado apenas por exercer o seu direito à liberdade de expressão.

Raif Badawi nasceu a 14 de Janeiro de 1984, é escritor e activista sobre os direitos humanos da Arábia Saudita, tendo sido educado até ao sétimo ano de ensino.

É casado e pai de 3 filhos. A sua família vive exilada no Canadá desde o ano de 2013.

Fontes: Parlamento Europeu, Público, Wikipédia.

José Ndalo Ribeiro

Tags: