Sporting contesta resultado do jogo da Champions à UEFA

O Sporting contesta o resultado do jogo através de um penálti inexistente, nos minutos finais do jogo, a favor do Schalke 04, que ditou a vitória do clube alemão do jogo da terceira jornada da competição, por 4-3.

O penálti em questão adveio de um erro de arbitragem, onde foi considerado que a bola tocou na mão do jogador Jonathan, da equipa leonina, segundo as imagens de televisão provam que a bola tocou na cara do jogador.

Por isso, mandaram uma petição à UEFA, para serem compensados pelo erro da arbitragem.

Na petição mandada para o orgão presidido por Michel Platini, o clube de Bruno Carvalho pretende a repetição do jogo, ou, o prémio relativo ao empate, que são cerca de 500 mil euros.

No entanto, o Schalke 04 refere o facto de a UEFA já ter pedido a opinião ao seu clube. Este protesto segue a linha no artigo 50 do regulamento disciplinar, que prevê a “admissibilidade de protestos”.

Neste artigo consta três alíneas: “erro evidente” do árbitro; “clara violação das regras por parte do árbitro com influência decisiva no resultado do jogo” e “qualquer outro incidente que tenha influência decisiva no resultado”.

Na próxima terça-feira, o Comité e Controlo Ética e Disciplina da UEFA, vai tomar uma decisão acerca do jogo da terceira jornada da fase de gupos da Champions, arbitrado pelo russo, Sergei Karasev.

De salientar que neste jogo, os leões aos 33 minutos jogaram com menos um jogador, devido à expulsão de Maurício, e que o segundo golo da equipa alemã é precedido de fora de jogo.

Fontes: DN, Público, ZeroZero, UEFA

Mário Rui Domingues<

https://youtube.com/watch?v=rRhtM-ch4rI%2520

Tags: