UE vence prémio Nobel da Paz

O Prémio Nobel da Paz de 2012 foi atribuido à União Europeia, confirmado pelo Comité Nobel nesta sexta-feira, às 10h, após a notícia já ter sido avançada pela TV norueguesa NRK.

O prémio é justificado pelo contributo que a União Europeia deu para a paz na Europa, no sentido de reconciliar países e consolidar a democracia e a paz, disse o presidente do Comité Nobel, Thorbjoern Jagland.

O Prémio Nobel da Paz já tinha sido atribuido a outras organizações, entre estas, as Nações Unidas, a Organização Internacional do Trabalho e o Comité Internacional da Cruz Vermelha.

Criada para garantir a paz no continente europeu, a União Europeia atravessa uma grave crise financeira e económica, que pode pôr em risco o princípio da solidariedade.

A estabilidade e viabilidade do euro estão a ser postas em causa devido à crise que envolve vários países, incluindo Portugal.

“Estamos profundamente sensibilizados e honrados pelo facto de a União Europeia ter recebido o Nobel da Paz. A reconciliação é a essência da UE. É um projecto único que substituiu a guerra pela paz, o ódio pela solidariedade”, disse o presidente do Parlamento europeu, Martin Schulz.

Jéssica Amaro e Rita Paulo

Tags: