Uma goleada imaginária

jogo entre o Kongo United e o Blarog Botkykra Södertälje acabou com um dos resultados mais insólitos do futebol mundial. A vitória foi do Kongo United por 30 sem resposta.

Manzizila, jogador que atua no Kongo United da Suécia, marcou 21 golos num só jogo da série K da sétima divisão Sueca.

Esse feito bateu o recorde de golos num só jogo apesar da desistência da equipa derrotada.

O recorde, com 60 anos de vida, pertencia a Kjeli Pettersson, que em 1962 marcou 18 golos num jogo.

Contudo, o recorde de golos marcados num jogo ficará para a história.

O resultado final, mesmo sendo histórico, não ficará nos livros porque o Balrog desistiu do jogo, alterando o resultado.

Contudo, o jogador será homenageado pela Federação Sueca de Futebol.

Esta equipa fez furor pelos resultados obtidos na sétima divisão.

Conseguiram subir de divisão, acabando em primeiro lugar e com 83 golos em 14 jogos.

Os números impressionam mas, em dois dos 14 jogos realizados, as equipas desistiram.

Essas desistências fizeram com que 66 golos fossem anulados.

Agora a jogarem na sexta divisão, o Kongo United vai tentar continuar a bater recordes, mesmo antevendo que será mais complicado.

“O Kongo United promove a diversidade.

Nós não somos uma associação de imigrantes e recebemos toda a gente, independentemente da origem étnica”.

Revela o presidente, Benjamin Moukoko, apesar de terem fortes ligações ao seu país e à capital Kinshasa.

Fontes: Público, Futebol Portugal, Globo Esporte

João Ribeiro

Tags: