Voluntariado na Semana Europeia do Teste VIH

De 21 a 28 de novembro, decorre a Semana Europeia do teste VIH, em que a Associação Positivo está a realizar testes gratuitos, confidenciais e anónimos, em que se sabe passado um minuto, da colheita de sangue.

Passei um dia nesta campanha da Positivo como voluntário, em que tinha de abordar as pessoas com um panfleto alusivo à iniciativa, e distribuir preservativos.

A maioria das pessoas que abordei na rua, na zona do Caís do Sodré, ainda mantiveram o estereótipo de que estava a pedir donativos, que não era o caso, mas sim a divulgação da realização do teste.

Mas as que me ouviram ficaram com os contatos da associação, caso decidissem depois fazer o teste. Consegui que duas pessoas fizessem o teste, ao acompanhá-las, diretamente, à associação.

Depois continuei a minha missão de abordar outras pessoas, a fazer o teste, em que algumas mantiveram o interesse mas não tinham tempo, por isso, deixei-lhes os panfletos e os persevativos.

Outras passaram ao lado das minha presença e continuaram o seu caminho sem ouvirem a minha explicação.

No final do dia conversei com Joana Rocha, assistente social da Positivo, que tem trabalhado na divulgação do teste no meio universitário.

“Há muita adesão à iniciativa no mundo universitário, mais que o esperado, talvez devido à campanha interna e da associação que fazemos no dia”, referiu.

“Estivemos no ISEG na sexta-feira, ontem (segunda-feira) no IADE e hoje (terça-feira) na ETIC”, acrescentou.

Destacou ainda que a diferença entre estes testes, das recolhas tradicionais para análise, é que este teste demora um minuto a saber o resultado, ao contrário dos outros em que se tem de esperar uma semana.

Sendo que, também, nos outros não existe uma conversa acerca do VIH, a não ser com o médico de família.

Apesar de muitas pessoas ainda não pedirem este tipo de análises, com medo da opinião do médico de família, salientou que os testes são tão fiáveis como os outros.

Na opinião de Joana Rocha “é preciso falar mais sobre o assunto”, acerca da proteção nas relações sexuais, achando importante estas iniciativas que divulgam os locais onde se podem dirigir para abordar as suas dúvidas.

Locais esses, onde se possam arranjar preservativos gratuitos e fazer os testes.

De modo, a que se possam proteger nas relações sexuais e darem uma maior importância ao teste do VIH.

Próximos locais em que a Positivo vai estar a efetuar os testes

  • 26 de novembro (quarta-feira) – Campus do Lumiar
  • 27 de novembro (quinta-feira) – Instituto Superior de Psicologia Aplicada ( ISPA)
  • 28 de novembro (sexta-feira) – Escola Superior de Educação Almeida Garret ( ESEAG)

Mas se preferir sempre pode deslocar-se à Associação Positivo

Nota: Caso esteja interessado em fazer o teste, e não possa comparecer nestas datas pode ligar para a Positivo, para fazer uma marcação, através do número 21 342 29 76 ou 21 342 14 69.

Fontes: FPCCSIDA, Positivo, Portal da Juventude, Maps Google, ISEG, IADE, ETIC, Roche Portugal, Campus do Lumiar, ISPA, ESEAG

Imagem: Atlas da Saúde, Mário Rui Domingues

Mário Rui Domingues

Tags: