Votação do Orçamento de Estado marcado por manifestações

Milhares de pessoas estavam hoje de manhã em frente às escadas do Parlamento, a protestar contra a aprovação da proposta de Orçamento do Estado (OE) para 2014.

Os manifestantes chegaram ao largo perto das 11H.

Foram “muitos, muitos mil” os trabalhadores, reformados e jovens que vieram de todo o país dizer “basta” ao Governo.

A CGTP não avança com números oficiais “porque a iniciativa não se realiza apenas em Lisboa”. Armando Farias, coordenador das manifestações, falou em “muitos milhares de trabalhadores”.

Já o Comandante da PSP também não quis adiantar números mas um agente falou “por alto” em mais de 10 mil pessoas.

A PSP vai activar um dispositivo semelhante às das manifestações anteriores para fazer face aos protestos junto à Assembleia da República, disse hoje o subcomissário João Moura, que garantiu que serão “os necessários e adequados” e adiantou que, para além de uma divisão do comando de Lisboa, o reforço será feito pelo corpo de intervenção da polícia.

Para a tarde foi marcada outra manifestação, divulgada através das redes sociais, para pedir a demissão do Governo, e por todo o país estão marcadas, várias acções de protesto contra a aprovação do OE2014.

Na quinta-feira passada, os profissionais das forças de segurança que estavam concentrados junto à entrada da Assembleia da República, romperam a barreira policial e invadiram as escadarias.

Fontes: Público; RTP; Diário Económico

Rute Fidalgo

Tags: