“história(s) de Olga de Soto”, na Culturgest

Ramo de Gestão da Cultura e das Artes de CCC assiste ao espectáculo “história(s) de Olga de Soto”, na Culturgest.

Que memórias conservam os espectadores de um espectáculo de dança que decorreu há mais de 60 anos? Será a memória um meio de registo eficaz para contrariar a efemeridade das artes performativas?

No âmbito da investigação sobre os «públicos da cultura» que a unidade curricular em ‘Programação Cultural’ está a desenvolver com os alunos de Gestão da Cultura e das Artes, a turma do 3º ano assistiu no início de Novembro ao documentário-performance “história(s)” de Olga de Soto na Culturgest.

Vik Muniz em Lisboa

A exposição fotográfica de Vik Muniz está disponível, no Museu Coleção Berardo, no CCB, até ao último dia do ano. É a combinação de uma centena de imagens surpreendentes. Que nos são familiares, embora igualmente nos pareçam estranhas.

Ana Curtinhal – Deus não se mete em religiões

Os dez anos do 11 de Setembro foram assinalados por um ciclo de conferências organizado pela Fundação Luso-Americana com a participação de várias universidades portuguesas.

A Universidade Lusófona marcou presença através do Curso de Ciências da Comunicação e Cultura, na conferência dedicada ao tema “Civilizações, Ideologias e Religiões”, com a orientação do professor Ricardo J. Rodrigues. O melhor texto seleccionado, da aluna Ana Curtinhal, foi agora publicado na Revista Paralelo da Fundação e, também, na versão inglesa – Parallel distribuída nos Estados Unidos.

Deus não se mete em religiões | por Ana Curtinhal

Conferência | o 11 de Setembro

12 de Abril. A FLAD – Fundação Luso-Americana – deu inicio a um ciclo de conferências sobre as repercussões do 11 de Setembro no Mundo. Com Allan J. Katz, embaixador americano em Portugal, Francisco Seixas Costa, representante português nas Nações Unidas, em Nova Iorque (2001), Mário Mesquita, administrador da FLAD e Sara Pina, jornalista e professora universitária, foram os rostos de um painel que se reuniu no Grémio Literário para debater esta questão.

Deixam-se aqui as impressões de alguns dos alunos de CCC presentes no evento.